sexta-feira, 29 de outubro de 2010

OLHARES


Conheço todos seus olhares:
Tem o olhar admirado,
tem o triste, acabrunhado
mas também o radiante,
determinado!
tem o olhar vago,
desconexo
e aquele profuso,
forte, com norte...
que me deixa em
parafuso!
Porém,
não dou conselho
sem nexo,
Sou seu reflexo
no espelho!


18 comentários:

  1. Bela poesia!
    Adorei mesmo!
    Bjs
    Mila

    ResponderExcluir
  2. Nossa Érico, estou "em parafuso"! O reflexo tudo expõe, sinto minha alma nua!
    Adorei o texto!
    Bjs.

    ResponderExcluir
  3. Oi Erico!

    Um poema parafuso perfeito, encaixa que é uma beleza no outro lado do espelho,

    A sutileza das entrelinhas me encanta!

    Grande abraço amigo!

    Ξ ѕ t є я ☆

    ResponderExcluir
  4. Genial!! Belo jogo de palavras, estilo enxuto e arrojado. Amei seu blog!
    Abraços!!

    ResponderExcluir
  5. Perfeito esses "Olhares".

    bom fim de semana Érico.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  6. Oiêeeee!
    Maravilhoso poema querido!
    A alma transparente, do outro lado do espelho.
    Beijos
    Lady

    ResponderExcluir
  7. Querido amigo, belíssima poesia. Tenha um lindo final de semana. Beijocas

    ResponderExcluir
  8. Tuas palavras encantam, cativam, me calam, poesia pura, bem escrita, falada, sentimento da melhor forma declarada.
    Amei
    Iara

    ResponderExcluir
  9. Oi , Erico!


    Belo e sutil poema ... :)
    Nos olhares nos encontramos e nos perdemos.


    BjãO.

    ResponderExcluir
  10. Oi, Amigo! :)

    Obrigada pelo carinho lá no meu blogue... (Adorei o Segredo IV!) rs
    Vc é um amor!

    Mas, vamos ao seu poema agora...
    Amei os seus olhares! :)
    Eu sempre digo que os olhos dizem tudo e mais alguma coisa, sem que a boca precise pronunciar mera palavra! :)
    Vc disse isso muito bem com seus lindos versos...

    Beijos, querido!

    ResponderExcluir
  11. E quantas coisas podemos ouvir e descobrir quando paramos para prestar atenção no nosso interior...
    Ótimo poema, Erico!

    Deus seja contigo e lhe conceda uma ótima semana!


    http://www.youtube.com/watch?v=dGFd--na7zE

    ResponderExcluir
  12. Meu querido amigo, se pudesse me ver hoje, imagino que veria o único olhar que sou capaz de oferecer ao meu próprio reflexo: perplexidade. Um beijo, desculpe o sumiço, logo logo o curso acaba e volto ao normal! Deia

    ResponderExcluir
  13. Meu olhar ficou extasiado com as belezas refletidas no espelho da sua alma, mesmo só olhando pelas frestas que você deixou...
    Estarei sempre observando,juntando os pedacinhos e formando novas imagens.

    Beijinhos Mágicos!!!

    ResponderExcluir
  14. OBRIGADO POR TER PREENCHIDO MINHA RETINA COM SEUS BELOS VERSOS!

    ResponderExcluir
  15. Oi , moço sumido !!!
    :)

    Passando pra te reler e desejar
    um Bom Final de Tarde ...


    BjO!

    ResponderExcluir
  16. Erico, lindao seu poema. No reflexo de um olhar descobrimos grandes coisas ocultas e misteriosas. Um grande abraço pra ti.Giovanna

    ResponderExcluir
  17. Um olhar translúcido...
    No espelho reflexos desnudos do poeta. Não sei o que aconteceu Erico, escrevi comentário, e sumiu,,,agora vai outro, talvez um tanto desconexo, porém olhares no espelho.rssss

    beijinhos ao poeta

    ResponderExcluir

LEVOU UMA PARTE DE MIM... AGORA, DEIXE UM POUCO DE VOCÊ!"
OBRIGADO PELA VISITA E COMENTÁRIO, UM GRANDE ABRAÇO!

ERICO :)